Portal Manhuamirim

Geral

11/10/2019

Paróquia do Bom Pastor de Manhuaçu sediará o DNJ 2019 neste domingo

MANHUAÇU (MG) - Jovens de toda a região, que fazem parte da Forania de Manhuaçu, são convidados a celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ) no dia 13 de outubro de 2019.

O evento está sendo organizado pela Pastoral da Juventude da Paróquia do Bom Pastor de Manhuaçu [Manhuaçu e Reduto], sob a coordenação do Pe. Heleno Raimundo da Silva, que destaca a preparação para receber os jovens católicos.

“O Dia Nacional da Juventude, como o próprio nome nos remete, mostra a preocupação da Igreja em acompanhar nossa juventude e de proporcionar uma temática que é refletida todo o ano. Nesse dia 13 vamos então celebrar tudo aquilo que foi realizado e vivenciado durante este período de preparação, em todas as paróquias da Forania de Manhuaçu. Acolhemos com alegria a Exortação Apostólica Pós-Sinodal, Christus Vivit, do Santo Padre, Papa Francisco, aos Jovens e a todo o Povo de Deus. Tem sido tema de estudo em nossas reuniões de preparação para o DNJ, tendo em vista a nossa preocupação de acompanhar a juventude num contexto contemporâneo e pós-moderno em que os jovens precisam do nosso apoio, da nossa presença e de oportunidade de espaço na Igreja. E a participação da juventude transforma a Igreja em mais festiva, mais criativa e mais participativa” – explicou.

Momento de comunhão e testemunho do Cristo Vivo entre os jovens, neste ano o DNJ tem como Tema: “Juventude e Políticas Públicas: uma história nos chama à civilização do amor” e Lema: “Eu vim para que todos tenham vida” (Jo 10,10), em comunhão com a Campanha da Fraternidade: “Fraternidade e Políticas Públicas” e o Lema: “Serás libertado pelo direito e pela Justiça” (Is 1,27).

“Em sintonia com o tema da Campanha da Fraternidade temos a possibilidade de refletir sobre as políticas públicas, sabedores que a história nos chama à civilização do amor. Esse amor que é a base da nossa fé cristã e que se traduz em caridade, solidariedade, partilha, diálogo, comunicação e outros valores importantes para a vida em comunidade. Essa é uma temática que não pode ficar somente no campo da reflexão. Temos que aprofundar e vivenciar esses valores e, evidentemente, envolver a juventude que tem muito a nos ensinar” – destacou Pe. Heleno Raimundo.

Em 2018, o Dia Nacional da Juventude foi comemorado na cidade de Martins Soares. Foi um dia intenso que contou com a participação de três mil jovens. Além da Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, anfitriã no ano passado, e da Paróquia do Bom Pastor de Manhuaçu, organizadora do DNJ desse ano, fazem parte da Forania as paróquias: São Lourenço [Manhuaçu], Nossa Senhora da Conceição [Alto Jequitibá], Santana do Manhuaçu [Santana], São Luís Gonzaga [Luisburgo], São Sebastião [Durandé], São Simão [Simonésia] e Senhor Bom Jesus de Manhumirim. “O DNJ do ano passado, em Martins Soares, mostrou um belíssimo trabalho da Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens. Teve muita organização, muito envolvimento e isso, sem dúvida, aumenta nossa responsabilidade. Aqui, na Paróquia do Bom Pastor, nós temos uma equipe central e fazemos reuniões frequentes. Contamos com a liderança das pastorais, dos grupos de oração e de demais movimentos. Já fizemos uma divisão de atividades e de funções. Como Forania, nos reunimos a cada dois meses com representações de todas as paróquias. Tudo é partilhado e combinado dentro de um projeto comum, mas, claro, o maior envolvimento é da nossa Paróquia do Bom Pastor, enquanto sede em 2019” – finalizou Pe. Heleno.

O Dia Nacional da Juventude surgiu em 1985, durante o Ano Internacional da Juventude, promovido pela Organização das Nações Unidas. Estava evidente que a juventude precisava mobilizar-se e construir espaços de participação, para pensar e repensar uma nova sociedade. Todos os anos organiza-se um dia de festa da juventude, sempre com um tema importante a ser debatido e trabalhado com grupos. O DNJ acontece em todo o país todos os anos no último domingo do mês de outubro, exceto nos anos eleitorais, quando a data é alterada. A Forania de Manhuaçu decidiu pelo dia 13 de outubro, após acordo entre todas as paróquias, devido a data do ENEM.

Klayrton de Souza / Tribuna do Leste