Portal Manhuamirim

Agronégocios

05/08/2019

Banco do Brasil lança o Plano Safra 2019/2020 na sede da AABB Manhuaçu

MANHUAÇU (MG) - Evento de lançamento do Plano Safra 2019/2020 do Banco do Brasil aconteceu na manhã desta sexta-feira, 02/08, no salão de convenções da AABB de Manhuaçu. A Solenidade contou com a presença de secretários municipais, produtores rurais, empresários e representantes sindicais. o Plano Safra 2019/2020, com a previsão de investimentos em torno de R$300 milhões injetados na economia da região.

De acordo com o Superintendente do Banco do Brasil, da Gerência Regional de Varejo de Juiz Fora, Marcos Antônio Machado, o Plano Safra foi lançado oficialmente no dia 1º de agosto e compreende o período da safra no país, que é de julho deste a agosto de 2020. “O plano tem R$ 225,59 bilhões, sendo R$ 169,33 bilhões para crédito rural (custeio, comercialização e industrialização) e R$ 53,41 bilhões para investimentos. O Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural terá R$ 1 bilhão, mais que o anterior da safra 2018/2019. Para 2020, haverá R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização nas modalidades de aquisição direta do produtor, contratos de opção de venda e subvenção de preços. O plano vale até 30 de junho de 2020”, destaca.

Segundo informação do Banco do Brasil, atualmente os contratos do Plano Safra giram em torno de R$700 milhões de reais e este ano serão mais R$ 300 milhões para o produtor rural investir no custeio da lavoura, modernização e investimentos. “As taxas de juros foram mantidas em níveis que permitem apoio ao produtor rural. No caso de custeio, comercialização e industrialização, será de 3% ao ano e 4,6% ao ano para os pequenos produtores (Pronaf), 6% ao ano para médios produtores (Pronamp) e 8% ao ano para demais produtores”, explica Marcos Antônio.

Nos programas de investimentos, as taxas vão variar de 3% a 10,5% ao ano.

Pronaf e Parcerias

Segundo do Flávio Fernandes, Gerente Geral da agência do Banco do Brasil/Manhuaçu, a região de Manhuaçu concentra o maior número de contratos do Pronaf do país. Uma característica peculiar na região onde predomina a agricultura familiar. “Este ano as linhas de crédito do Pronaf foram ampliadas, ofertando ao produtor da agricultura familiar mais possibilidades de investimentos e melhorias na propriedade e uma novidade, o Banco disponibilizará o BB Seguro Pecuário Faturamento, garantindo aos Agropecuaristas o pagamento de indenização quando o faturamento obtido com a venda do rebanho segurado for inferior ao faturamento garantido (valor segurado) constante da apólice”, informou o Gerente.

Outro ponto importante nesse fator são as parcerias com órgãos como a Emater, Sindicatos dos produtores e Trabalhadores Rurais, Associações de produtores e prefeituras da região. “Este trabalho em conjunto com estes parceiros visa fortalecer o relacionamento entre o Banco do Brasil e o produtor rural vem de encontro  com fator muito importante que é a assessoria especializada, com um apoio técnico e o acesso à informação, o que viabiliza toda a negociação e facilita o atendimento, principalmente neste momento em que o produtor rural vivencia uma queda muito grande, na produção e na qualidade do café e isto resulta em café com custo de produção alto e preço baixo e Banco do Brasil esta aí para ajudar”, finaliza Flávio Fernades.

No Pronaf Custeio, os agricultores familiares poderão, por meio do App BB, renovar as operações a qualquer momento, sem necessidade de ir à uma agência.

Redação do Portal Caparaó