Portal Manhuamirim

Polícia

08/09/2018

PM de Espera Feliz prende envolvidos em furto na zona rural

ESPERA FELIZ (MG) - A Polícia Militar de Espera Feliz prendeu três pessoas e encaminhou uma criança de 10 anos para o Conselho Tutelar numa ocorrência de furto em propriedade rural, nesta sexta-feira, 07/09.

A história começou na quinta-feira, no córrego Quicé. Durante a noite, moradores notaram um veículo Gol circulando no meio das estradas de lavoura. Por volta de 4:30 já de sexta, o veículo estacionou no interior de uma lavoura e foram vistas pessoas caminhando com bolsas no meio do cafezal.

Os moradores se mobilizaram com receio de algum roubo de café. Com ajuda de vizinhos, eles foram até o carro abandonado e trancado e conseguiram acionar a Polícia Militar ao amanhecer.

Logo cedo, um morador de Espera Feliz foi até o quartel e comunicou aos militares que seu veículo Gol havia sido furtado. O homem de 21 anos disse que estacionou na porta de casa, às 22 horas. Ao acordar, às 6 horas, o veículo não estava no local.

A VERDADEIRA HISTÓRIA

A história verdadeira começou a surgir no decorrer do dia. Por volta de 10 horas, um morador de outra propriedade do córrego Quicé foi até o quartel e contou que deparou com a porta da residência arrombada. Haviam levado carnes, gêneros alimentícios, eletroeletrônicos, objetos pessoais e eletrodomésticos. Pela manhã, foram encontrados dois micro-ondas no meio do cafezal.

A PM então suspeitou da versão apresentada pelo dono do carro. Ao voltarem à casa dele, encontraram o morador dormindo, mesmo tendo passado a noite toda sem acordar e nem ter ouvido furtarem o carro dele.

Depois disso, o homem confessou o crime e levou PM à casa dos autores – um casal de 30 anos, que contou com a participação do filho de dez anos.

No imóvel, foram recuperados os materiais furtados da residência rural.

O homem de 21 anos foi preso sob acusação dos crimes de corrupção de menores e furto qualificado, assim como pela contravenção penal de falsa comunicação de crime. O outro de 30 anos pelo furto e corrupção de menores e a mulher pela receptação. O garoto de 10 anos foi deixado com a Conselheira Tutelar de Espera Feliz.

Redação do Portal Manhumirim