Portal Manhuamirim

Educação

15/05/2018

Aluno mineiro é aprovado em programa de Verão nos EUA

MUTUM (MG) - Vitor Lacerda Siqueira, de 19 anos, natural de Mutum (MG), foi aprovado com bolsa integral no programa de verão da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos. O jovem estudou em escola pública até o fim do ensino fundamental e, mesmo antes de iniciar o ensino médio, Vitor conquistou cinco medalhas em olimpíadas científicas de Matemática (OBMEP) e de Astronomia e Astronáutica (OBA).

No seu nono ano, realizou o processo seletivo do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) - campus Vitória, onde conseguiu uma vaga para cursar Técnico em Eletrotécnica integrado ao Ensino Médio. Para se dedicar aos estudos no IFES, o aluno deixou sua família em Mutum com 15 anos. Mas segundo Vitor, não foi nada fácil - ele precisou se esforçar para acompanhar o novo ritmo de aulas.

“Me senti perdido no início, era um ritmo completamente diferente do que eu estava acostumado. Mas com o tempo, e muitas horas de estudos em grupo, já sentia que eu poderia buscar atividades além da sala de aula”, destaca o aluno.

E foram com essas atividades extracurriculares que Vitor começou a sonhar com a possibilidade de estudar nos Estados Unidos.

“Conheci Carolina Guimarães, ex-aluna do IFES e que hoje estuda na Universidade de Yale, em um curso de Cálculo que ela ministrava e também no Coral Maria Penedo, onde cantávamos juntos. Ela falava com tanto entusiasmo sobre universidades americanas, que comecei a pesquisar mais sobre o assunto”, lembra Vitor.

Hoje, recém formado no IFES, acumula quase trinta premiações em Olimpíadas Científicas nas áreas de Matemática, Física, Química, Astronomia, Robótica, Geografia e até Linguística. Mesmo aprendendo muito com as olimpíadas, Vitor diz que foi pelo Projeto Isomagia que ele adquiriu o seu maior conhecimento. Isomagia é um projeto criado por Vitor juntamente com Vanessa Carmo dos Santos, também estudante do IFES, que se tornou um projeto científico por meio do Cientista Beta, que conectou os alunos a um mentor para desenvolvê-lo durante um ano.

No fim do programa, os jovens tiveram a oportunidade de apresentar o projeto na sede brasileira da empresa Google, em São Paulo.

Todas essas e outras atividades foram essenciais, juntamente com formulários, redações e uma carta de recomendação, para que Vitor fosse aprovado no

programa de verão da Universidade Wake Forest, competindo com jovens de todo os Estados Unidos e de diversos países do mundo. Ele estudará Liderança durante uma semana na universidade e terá acesso a professores, pesquisadores e profissionais da indústria de classe mundial.

Mesmo com bolsa integral, o estudante precisa arcar com os custos das passagens aéreas e do visto americano. Como parte de suas ações, criou uma campanha de financiamento coletivo, que pode ser acessado pelo link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/vitor-em-wake-fores