Portal Manhuamirim

Agronégocios

25/04/2018

Café das Matas de Minas é exportado com selo de origem

Manhumirim (MG) - O Sítio Bela Vista, em Alto Jequitibá, exportou o primeiro container de café com selo da Região das Matas de Minas para a Europa. Ao todo, 500 sacas de 30 kg foram encaminhadas para Portugal, de onde serão distribuídas para outros países do continente. A produção é do cafeicultor Alexandre de Andrade Emerick.

Além dele, os produtores Júlio Maria Hybner Guimarães e Bruno Henrique Ribeiro também já fizeram a solicitação de uso do selo. Todos os cafés que receberão a marca da Região das Matas de Minas têm origem e qualidade controladas, sendo da variedade arábica e tendo 80 pontos ou mais.

Desde 2011, o Sebrae Minas realiza o projeto de Agronegócios Café das Matas de Minas, com o objetivo de desenvolver a cafeicultura na região, valorizando o produto local, organizando as ações dos produtores e abrindo mercados. A iniciativa é baseada em quatro pilares: qualidade, identidade, governança e mercado. Todas as atividades contam com a parceria do Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas, entidade representativa do segmento.

Segundo a analista do Sebrae Minas em Manhuaçu, Ereni Constantino, o projeto abrange ações de capacitação e orientação ao produtor sobre o processo de melhoria da qualidade, governança e identidade e ações que possibilitem aos cafeicultores o acesso aos mercados interno e externo.

A Região é regulamentada pelo Conselho das Entidades do Café Região das Matas de Minas, uma organização sem fins lucrativos, de caráter representativo, científico, educacional e cultural, formada por 14 entidades membros e parcerias voltadas ao desenvolvimento dos cafeicultores, nos 63 municípios que compõem a área demarcada da região.