Portal Manhuamirim

Política

19/12/2017

Gisele Rodrigues recebe homenagem na Câmara de Manhumirim

MANHUMIRIM (MG) - O vereador Jésus Aguiar entregou a Gisele Rodrigues Malta uma moção de sua autoria que a congratula pela contribuição dada ao Município. Ela foi à Câmara receber a moção ao lado de familiares e amigos. A vereadora de Martins Soares Renata Keller e o marido da vereadora Sebastião Dutra, amigos, foram prestigiar.

Gisele é formada em Serviço Social, é pós-graduada em políticas públicas e faz pós-graduação em Saúde, dependência química. Trabalhou como diretora de programas sociais na Prefeitura de Manhumirim. Foi coordenadora do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e em 2010 passou a ser servidora efetiva. Trabalhou como diretora regional da Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais, a Fundação Hemominas em Manhuaçu, sendo responsável por 36 municípios. Depois assumiu como secretária executiva do Território Caparaó, responsável por 19 cidades.

O vereador Jésus Aguiar falou sobre a homenageada na tribuna popular: “Fiz esta moção em maio, mas ela relutava em achar que merecia. Acho que ela é merecedora há muito tempo, e sei do trabalho que fez na Hemominas. Quando ela saiu de lá para vir para Manhumirim, passou a fazer um belíssimo trabalho na Assistência Social. Conheço sua seriedade e competência”, disse.

Gisele agradeceu na tribuna e fez uma campanha pela saúde: “Este dia é muito importante, porque temos, eu e o Adilson, o reconhecimento por nosso trabalho. Somos jovens, atuantes, com muita disposição para trabalhar. É com grande emoção que agradeço aos vereadores e principalmente ao Dr. Jésus pela moção que destaca o meu trabalho. Compartilho esta moção com todos que contribuíram para a minha trajetória profissional, meus pais, esposo, filha, amigos que torceram e torcem por meu sucesso. Diante desta casa cheia aproveito para dizer que todos têm que ser solidários com os pacientes que necessitam de sangue. No trabalho em Manhumirim busquei aumentar o número de doadores.”

Assessoria de Imprensa Camara de Manhumirim