Portal Manhuamirim

Polícia

24/10/2017

Reduto: grupo resiste à prisão e agride policiais

Reduto (MG) - Durante patrulhamento realizado nesta sexta-feira, 20/10, na MG-111, entre Reduto e Manhumirim, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária se deparou com um Fiat Ideia de cor preta parado as margens da rodovia em atitude suspeita.

Havia quatro homens no carro e, segundo a PM, aparentemente ingeriam bebida alcoólica. Após contato visual, os homens tentaram fugir por uma estrada vicinal, mas foram alcançados pelos policiais.

No momento da abordagem, dois dos suspeitos agrediram um dos policiais com socos no tórax e o jogaram por uma ribanceira causando um corte contuso na cabeça e danificando os armamentos que o militar estava portando.

De acordo com Sargento Luciano Breder, da Polícia Militar Rodoviária, em seguida, os autores investiram contra o outro policial que atuava na abordagem, caminhando em direção ao militar e afirmando que “não eram bandidos”.

O cabo deu ordem para que os elementos não se aproximassem e diante da negativa, efetuou um disparo de arma de fogo em direção aos indivíduos, não acertando nenhum deles.

Os homens tentaram fugir, mas foram contidos. Equipes de apoio foram contatadas para dar apoio. Mesmo com a chegada do suporte, os autores continuaram agressivos e exaltados, sendo necessário imobiliza-los.

Após ação, foram realizadas busca no interior do veículo, sendo localizadas duas latas de cervejas e, do lado do motorista, resquícios de um pó branco, semelhante a cocaína.

De acordo com Sargento Luciano Breder, o condutor apresentava notórios sinais de embriaguez, tais como andar cambaleante, hálito etílico e olhos avermelhados. Ele ainda acrescenta que o motorista se recusou a submeter-se ao teste do bafômetro, motivo pelo qual foi recolhida sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O militar agredido e os indivíduos foram conduzidos a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O veículo utilizado pelos autores foi apreendido e removido para o pátio credenciado, uma vez que todos os condutores habilitados presentes haviam feito uso de bebida alcoólica e para que o veículo fosse periciado.

Os autores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

Danilo Alves/Jailton Pereira – Tribuna do Leste