Portal Manhuamirim

Geral

25/04/2017

Jovem de Durandé é ordenado diácono no Amazonas

TARUMÃ (AM) - A Área Missionária Tarumã (AMT) e a Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento acolheram de forma calorosa os familiares e amigos que compareceram, na manhã deste domingo (23/04), na solene Celebração Eucarística de ordenação diaconal do jovem Frt. Gedeir Vieira Gonçalves, SDN, realizada pela imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Eduardo Castriani.

A celebração ocorreu na Igreja São Pedro, em Tarumã, na qual o arcebispo concelebrou ao lado Pe. Auricélio Ferreira Correia SDN, pároco da AMT e do Pe. Aureliano de Moura Lima, SDN, Superior Geral da Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, além dos demais presbíteros presentes que vieram até de outro estado prestigiar o neo-diacono.

Nascido em Durandé (MG), em 26 de março de 1988, Frt. Gedeir, é filho caçula de Maria Lúcia Vieira Gonçalves e Gilberto Alfredo Gonçalves. Começou seu acompanhamento junto à família Sacramentina em outubro de 2004 e, em fevereiro de 2006 entrou na etapa formativa do Aspirantado, na comunidade Frei Paulo Fontes, em Manhumirim (MG). No ano de 2011, fez a etapa do Noviciado em Matozinhos (MG) e no dia 08 de janeiro de 2012, fez seus primeiros votos religiosos na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus, em Manhumirim (MG) e, neste mesmo ano, fez a etapa do Tirocínio na AMT. No período de 2013-2016, cursou Teologia na Faculdade Católica de Fortaleza. E no dia 09 de dezembro, professou solenemente os seus votos perpétuos de Castidade, Pobreza e obediência na Paróquia N.S. da Conceição – Pajuçara, em Maracanaú (CE).

E agora, depois de enviado em 2017 para AMT, com o objetivo de ajudar no processo de evangelização da Igreja do Amazonas, Frt. Gedeir da mais um passo rumo ao sonho de se tornar sacerdote, ao ser ordenado diácono transitório da arquidiocese de Manaus, escolhendo como tema “Eu vim para servir” (Mc 10,45). “A vocação do diácono é o serviço, ou seja, o diácono não veio para ser servido, veio para servir e doar a sua vida em favor do outro. Por isso, neste momento tão importante da minha vida, eu agradeço em primeiro lugar a Deus, pelo chamado à vocação a vida religiosa. Agradeço aos meus pais e irmãos, pelo apoio e que nunca mediram esforços para a realização dos meus sonhos. Sou muito grato a toda família Sacramentina, aos padres que me acolheram, aos diretores espirituais que me inspiram a cada dia a continuar e me entregar de coração ao serviço de Deus, e a todas as pessoas aqui da AMT que ajudaram na realização dessa celebração eu deixo aqui o meu muito obrigado”, disse o diácono Gedeir em seu discurso final.

Um dos momentos mais emocionantes de toda celebração, sem dúvida foi o rito de ordenação, realizado logo depois do evangelho, quando o Pe. Aureliano apresentou o então candidato à Dom Sergio. Na sequência vem prostração do candidato; oração consagratória de ordenação, realizada com a imposição de mãos do bispo; entrega das vestes diaconais, realizada pelos membros da família (no caso a mãe e a irmã); entrega do livro do Evangelho; e a acolhida no presbitério, com o ósculo (beijo ou abraço) da paz, gesto com o qual Dom Sergio, os demais padres presentes acolheram o novo diácono.

“É a primeira vez que viemos a Manaus e sentimos muita emoção durante essa celebração, com tantos padres, acolhida muito boa e um carinho imenso com ele”, disse a mãe do diácono toda feliz. “Isso é uma conquista dele, resultado de muitos anos de estudo e de uma escolha que ele fez desde pequeno, pois se não estava com a família, estava na igreja ajudando de alguma forma”, completou a irmã Gilcélia muito emocionada.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Manaus