Portal Manhuamirim

Economia

29/03/2017

Cartão Adesc será implantado em mais cidades da região

MANHUAÇU (MG) - Mais seis cidades da região estão aderindo ao Cartão Adesc (Agência de Desenvolvimento Econômico e Social do Caparaó). O presidente André Farrath visitou os municípios e firmou a parceria com as administrações.

O cartão ADESC é uma ferramenta que tem como proposta fortalecer a economia local. Concedido inicialmente a funcionários públicos municipais, o cartão permite comprar no comércio da cidade sem o uso de dinheiro em espécie. Ao final do mês, o valor é informado à prefeitura que faz o desconto e o pagamento para a empresa.

Segundo André Farrath, a cidade de Simonésia recebeu com muito entusiasmo a proposta de implantação deste sistema. O Prefeito Laerte Augusto com os Secretarios de Educação Moisés Raposo e da Administração Felipe Desidério entenderam que o sistema é bom para os servidores e o comércio.

Simonésia foi a segunda cidade a aderir ao sistema qual será disponibilizado nos próximos dias. Na semana anterior, a Prefeitura de Martins Soares ingressou no programa.

Em Santa Margarida tanto o prefeito Geraldo Schiavo quanto seu Secretário José Maurilio Teixeira, foram unânimes no entendimento de que o cartão pode fortalecer a economia local.

Outras reuniões aconteceram também nas cidades do entorno do Caparaó.

Rosa prefeita de Santana do Manhuaçu disse que a cidade tem muita evasão de divisas e desta forma, os servidores poderão ter dinheiro disponível o mês todo dentro do comércio local.

Conceição de Ipanema e São José do Mantimento também participaram de reuniões visando o objetivo de fortalecimento local.

O vereador e professor Élcio, de Espera Feliz, que é antigo servidor, afirmou que o Cartão Adesc veio num momento que os municípios precisam fortalecer. "É uma forma simples de prestigiar servidores e empresários em prol de um mesmo objetivo. Espera Feliz, que já faz parte da ADESC, através de nosso representante Dr. José Inácio, não ficará de fora", concluiu.

Várias reuniões estão sendo marcadas com as administrações municipais de cidades como Mutum, Caparaó, Carangola, Luisburgo, Reduto e Durandé.

Com o cartão, o servidor do município que aderir passa a ter disponibilidade de até 40% do seu salário para efetuar compras dentro do seu município e sem nenhuma taxa de juros. "É um cartão com objetivo social e dinheiro o mês todo, elimina a cadeia do fiado e inadimplência e fortalece a economia local", argumenta André Farrath.

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br