Portal Manhuamirim

Meio Ambiente

23/02/2017

Parque do Caparaó será reaberto a partir de sábado

REDAÇÃO - O Parque Nacional do Caparaó será reaberto ao público da visitação no próximo sábado de Carnaval (25/02) com acesso restrito aos visitantes que apresentarem documento oficial que certifique a imunização contra febre amarela.

A verificação e validação das informações do documento de vacinação serão realizadas pelas Secretarias Municipais de Saúde de Alto Caparaó – MG e Dores do Rio Preto - ES, em apoio ao Instituto Chico Mendes, para acesso aos atrativos da Unidade de Conservação pelas Portarias de Alto Caparaó - MG e Pedra Menina – ES, respectivamente.

A medida ora anunciada foi proposta pela gestão da Unidade e discutida em reunião com os Prefeitos de Alto Caparaó – MG e Dores do Rio Preto – MG que se comprometeram em apoiar o Parque com a designação de técnicos da área de saúde que ficarão responsáveis pela conferência dos cartões de vacinação para o acesso à Unidade, até que a situação esteja estabilizada em relação ao risco de contaminação pelo vírus causador da febre amarela na região do Parque Nacional, conforme informes do Ministério da Saúde.

A parcela da população que não pode ser vacinada, não será permitida a entrada no parque enquanto durar tal medida de restrição.

A medida visa conciliar reivindicações do segmento do Turismo associado ao Parque Nacional do Caparaó, tendo em vista o impacto negativo que o fechamento da Unidade vem causando à cadeia produtiva do turismo local, com a necessidade de manter a restrição da circulação de pessoas não vacinadas contra a febre amarela em Unidades de Conservação de responsabilidade do ICMBio, localizadas em áreas com vacinação recomendada pelo Ministério da Saúde.

 Orientações para os visitantes e turistas:

 A principal orientação é que o turista não se dirija para a região do Parque Nacional do Caparaó sem que esteja devidamente imunizado contra a febre amarela. Os turistas são sempre muito bem vindos, mas devem se preocupar com a vacinação e o uso de repelentes, este como mecanismo menos efetivo, mas necessário.

Também é importante a orientação sobre os macacos que, assim como os humanos, não transmitem o vírus. Pelo contrário, são vítimas da doença. Ao serem contaminados, os primatas cumprem a função de "sentinela", ou seja, alertam para o surgimento da doença e por onde o vírus está se dispersando na paisagem. Por isso, em vez de molestados, devem ser preservados.

 Procedimentos para o controle de acesso:

Durante o período de carnaval/2017 e nos finais de semana enquanto durar a restrição, a conferência da documentação da vacinação será feita pelos profissionais da saúde nas Portarias de Alto Caparaó – MG e Pedra Menina – ES, sendo obrigatória no momento do comparecimento à apresentação de documento pessoal com foto e o cartão de vacinação.

Durante os dias de semana os visitantes deverão comparecer primeiro aos postos de saúde de Alto Caparaó – MG e Pedra Menina – MG onde após verificação receberão Comprovante de Autorização de Acesso, nominal, individual e datado, que deverá ser apresentado nas Portarias do Parque, juntamente com o documento pessoal com foto.

O Parque permanecerá aberto para o Uso Público da Visitação das 07:00 às 12:00 e 13:00 às 18:00 horas

Os postos de Saúde de Alto Caparaó – MG e Pedra Menina – ES funcionam de segunda à sexta-feira das 08:00 às 17:00 horas.

Mais informações:

Parque Nacional do Caparaó:

Tel: (32) 3747-2086 - Portaria de Alto Caparaó - MG

Tel: (28) 3559-3096 - Portaria de Pedra Menina - ES

Posto de Saúde de Alto Caparaó – MG:

Tel: (32) 3747 2627 ou 2189

Posto de Saúde de Pedra Menina, Dores do Rio Preto – ES:

Tel: (28) 3559 3026 ou 3064