Portal Manhuamirim

Saúde

26/10/2016

Dificuldades em pauta no Hospital Padre Júlio Maria

MANHUMIRIM (MG) - Prefeitos eleitos discutem dificuldades do Hospital Padre Júlio Maria.

Na manhã de sexta-feira, 21/10, o Prefeito de Alto Caparaó José Gomes (reeleito) e sua vice-prefeita Alcineia Pinheiro Cesar, os prefeitos eleitos de Manhumirim Luciano Machado, de Alto Jequitibá Marco Antônio Lopes (Tugueis), de Martins Soares Fernando Almeida e de Durandé José Elias estiveram reunidos no Hospital Padre Júlio Maria para tratarem com os responsáveis do Hospital o problema do fechamento da maternidade e da pediatria.

Durante a reunião, o administrador Jair informou que o Hospital Padre Júlio Maria fechou a pediatria e a maternidade porque não tinha dinheiro para honrar os compromissos financeiros, haja visto, que o Governo repassava um valor (tabela SUS) abaixo do que o Hospital necessitava para manter funcionando a maternidade e pediatria.

Após duas horas de reunião, os municípios decidiram que irão trabalhar juntos para disponibilizar recursos financeiros para tentar reabrir a maternidade e pediatria, e assim, ajudar o Hospital Padre Júlio Maria.

Os prefeitos marcaram para o dia 21 de novembro a partir das 8:00 horas uma nova reunião no Hospital Padre Júlio Maria.

A vida financeira dos municípios, também, não é boa, a cada mês que passa as receitas caem mais. A crise financeira enfrentada pelo País está colocando os municípios em situação difícil.

O Prefeito José Gomes disse que a saúde é prioridade e que irá trabalhar para ajudar a resolver esse grande problema, mas adiantou que as Câmaras de Vereadores dos municípios tem que abraçar, também, essa causa.

Em 2015, O Hospital Padre Júlio Maria recebia do SUS 27 mil reais para manter a maternidade e a pediatria com aproximadamente 50 partos por mês, e gastava 130 mil reais, desta forma o hospital tinha um déficit de aproximadamente 103 mil reais por mês. Por esse motivo, segundo a direção do Hospital, foram obrigados a cancelar as atividades da maternidade e pediatria.

O Hospital Padre Júlio Maria fechou a maternidade e a pediatria no dia primeiro de julho de 2015.

Com Lovantino News