Portal Manhuamirim

Agronégocios

28/07/2016

Cafés especiais da serra do Caparaó chamam a atenção de baristas

ALTO CAPARÁO (MG) - Criar um elo entre o produtor e o consumidor de cafés especiais. Essa é a proposta da chamada "Viagem à Origem", uma excursão que trouxe, à região do Caparaó Mineiro, oito dos mais renomados baristas do mundo.  Profissionais dos Estados Unidos, Japão, Itália, Taiwan e Canadá estiveram em propriedades de Alto Caparaó a fim de conhecer o modo de produção do café de alta qualidade. A visita durante os dias 26 e 27 foi promovida pela trading do grupo Montesanto Tavares, Ally Coffee, que atua como importadora de café nos Estados Unidos e Europa, em conjunto com as outras empresas do grupo Atlântica Coffee, Cafebrás e InterBrasil Coffee.

"Trouxemos para cá os melhores torradores e baristas dos Estados Unidos e do mundo. E é uma relação de interdependência que tende a dar certo. O produtor precisa desse contato com o consumidor final e eles também precisam de bons cafés. Trazer os principais ícones do café mundial à região do Caparaó mostra o poder dessa relação. Sem dúvida, essa parceria dará a possibilidade de valorização e melhor preço aos produtos daqui", explicou Bruno Tavares, CEO da Ally Coffee.

OS MELHORES DO MUNDO

Berg Wu, de Taiwan, atual campeão do World Barista Championship, realizado em junho, em Dublin, na Irlanda, é um dos participantes da chamada Viagem à Origem. Além dele, Tetsu Kasuya, do Japão, atual campeão de Brewers, e outros seis profissionais internacionais virão ao Brasil, inclusive o campeão norte-americano, Lem Butler.

Os outros cinco baristas que participam são Todd Goldsworthy (USA), James Tooill (USA), Tony Querio (USA), Andrea Allen (USA) e Kyle Belinger, (USA).

Em Alto Caparaó, durante os dois dias, os baristas tiveram contato com os grãos produzidos nas fazendas da região, além de conhecer os cafeicultores responsáveis por essa produção. “Ao mesmo tempo, queremos que os produtores conheçam esses profissionais que promovem o grão especial em todo o mundo”, explica Bruno Tavares.

Os produtores Clayton Barrossa Monteiro, da Fazenda Ninho da Águia, e Paulino, em Alto Caparaó, receberam o grupo. Além disso, eles tiveram a oportunidade de conhecer hotéis e restaurantes, estiveram na sede da InterBrasil Coffee, visitaram o Parque Nacional do Caparaó. Na tronqueira, a 1900 metros de altitude, prepararam um café da tarde especial.

A ação divulgou o café especial de Alto Caparaó e também as belezas da região e seus atrativos turísticos.

Carlos Henrique Cruz - Fotos Taison Moreira / Ally Coffee